A Engenharia Social é um método de manipulação utilizado em ataques hacker. 

Ela permite o roubo de informações e dados confidenciais.

Também é possível infectar dispositivos com malware e vírus, e acessá-los de maneira ilegal. 

Assim, os hackers aplicam golpes que causam danos a pessoas e empresas. 

Mas como funciona a Engenharia Social?

Então, com a farsa, os hackers procuram convencer a vítima de sua autenticidade.

Logo, existe a intenção de usar o engano das pessoas e fazê-las entregar dados. 

Desse modo, ele ilude a vítima e consegue aplicar golpes e ganhar grandes quantias de dinheiro. 

Entenda as táticas de engenharia social usadas pelos hackers:

Isca

Isca, ou Baiting, manipula pessoas a partir da curiosidade. 

Ou seja, um pen-drive perdido na rua pode ser uma isca. Curioso, a pessoa verifica o conteúdo e facilita o ataque hacker.

Assim, o hacker ganha fácil acesso ao dispositivo e consegue infectá-lo. 

Phishing 

O usuário recebe um e-mail, que se passa por uma fonte confiável. 

Um e-mail, aparentemente do seu banco, pedindo documentos ou informações financeiras. 

Por que duvidar de uma empresa conhecida? 

Dessa forma, o hacker age como um lobo em pele de cordeiro. 

Vishing 

O Vishing ocorre por telefonemas. 

Então, o hacker se passa por funcionário de uma empresa ou equipe técnica para conseguir dados confidenciais. 

Smishing

É similar às últimas táticas, mas ocorre por SMS.  

O hacker solicita uma ação da vítima. São exemplos: preencher um formulário, mandar dados confidenciais ou clicar em sites mal-intencionados. 

Pretexting

O hacker se passa por outra pessoa para conseguir dados privados.

Assim, pode ser usada online ou offline, e é muito difícil de perceber o ataque. 

Por isso, é uma das formas mais eficientes de engenharia social. 

Agora que você já conhece como a engenharia social é usada, saiba também quais os principais alvos dessas táticas:

Alvos da engenharia social

Todos podem ser alvos da engenharia social, mas existem grupos de maior risco. 

Estes são principalmente idosos. Isso porque eles têm, em geral, menos conhecimento sobre tecnologia.  

Mas empresas também vêm sendo atingidas.

Então, hackers procuram gerentes e executivos como alvos e usam métodos manipulativos para conseguir informações. 

Como impedir a engenharia social

Para se proteger, e proteger sua empresa e clientes, você pode tomar algumas atitudes: 

1.Implantar um software antivírus de confiança

É importante usar softwares que protejam seu computador e sinalizem possíveis ameaças. 

2. Sempre pesquisar a fonte de e-mails e SMSs 

Se você receber um e-mail ou um SMS desconhecido, pedindo informações confidenciais, verifique a fonte. 

Isso significa, pesquise se aquele número ou endereço é verdadeiro. Entre em contato com a instituição e confira. 

Mas, em caso de dúvida, não mande as informações! 

3. Saiba identificar uma isca .

Duvide de grandes recompensas e prêmios fáceis que pedem uma quantia aparentemente pequena de dinheiro ou informação. 

4. Jamais acesse sites e conecte dispositivos desconhecidos. 

Ou seja, não coloque um pen-drive, um CD, um DVD ou qualquer tipo de dispositivo desconhecido no seu computador. 

Também evite conectar com redes e bluetooths abertos.  

Gostou desse artigo? Compartilhe com amigos e familiares e ajude-os a se proteger da engenharia social usada em ataques hacker!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Abrir Chat
Olá!
No que posso ajudá-lo?